Ficou em dúvida sobre uma mensagem de aplicativo ou postagem em rede social? Encaminhe para o MonitoR7, que nós checamos para você (11) 9 9240-7777

MonitoR7 Criança sem passaporte vacinal é expulsa de restaurante nos EUA?

Criança sem passaporte vacinal é expulsa de restaurante nos EUA?

Vídeo mostra policiais abordando família em restaurante de Nova York e sendo hostilizados

  • MonitoR7 | Do R7

Justin Lane / EFE - EPA - 11.12.2020

Um vídeo que está sendo muito compartilhado nas redes sociais mostra vários policiais retirando um garoto de um restaurante. Ele não teria o passaporte vacinal e, por isso, não podia entrar no estabelecimento. Na gravação, é possível ouvir algumas pessoas protestando pela expulsão e criticando os policiais.

Os policiais não são agressivos e não tocam na criança nem em outros clientes. Mas, aparentemente nervoso, o menino se agarra à mãe e esconde o rosto. Uma das pessoas que estavam no local parabeniza ironicamente os oficiais e diz que eles traumatizaram a criança.

O vídeo é de dezembro de 2021 e mostra uma intervenção policial requisitada pelo próprio restaurante, da rede Applebee's, no Queens, bairro de Nova York. Os funcionários do estabelecimento pediram ajuda aos oficiais quando várias pessoas que protestavam contra a obrigatoriedade da vacinação entraram no local sem apresentar um comprovante de imunização.

Os policiais, portanto, não expulsaram apenas a criança, mas sim o grupo inteiro de manifestantes, que não estavam com o passaporte vacinal e entraram propositalmente no restaurante para criar aquela situação.

A polícia de Nova York disse que os oficiais foram informados pelo gerente de que os indivíduos se recusaram a comprovar o status de vacinação, como determina a legislação da cidade, e que ele solicitou então a saída deles do local, sem ser atendido. Só aí o gerente acionou a polícia. Quatro pessoas foram presas durante o episódio.

Na última segunda-feira (3), a cidade de Nova York registrou 85 mil novos casos de coronavírus em 24 horas, batendo um novo recorde local. No mesmo dia, a governadora de Nova York disse que as hospitalizações aumentaram drasticamente em todo o estado, com o número de mortes relatadas em um único dia ultrapassando cem pela primeira vez desde março do ano passado.

A variante Ômicron foi relatada pela primeira vez na cidade de Nova York há um mês. O número médio de casos/dia passou de 1.934 em 1º de dezembro passado para 36.720 em 1º de janeiro. No mesmo período, a média diária de hospitalizações pela doença passou de 69 para 687 e a média diária de mortes passou de 10 para 31.

Apesar das manifestações contra as vacinas e contra a exigência do passaporte vacinal, a cidade de Nova York tem 72,8% de sua população completamente vacinada e 82,2% com pelo menos uma dose da vacina. Na faixa de 5 a 17 anos, 44% estão completamente vacinados e 57,1% tomaram pelo menos uma dose.

Você tem uma informação que gostaria que fosse checada? Envie a postagem ou a mensagem suspeita para o MonitoR7, por WhatsApp ou Telegram: (11) 9-9240-7777.

Criança estava com grupo que invadiu restaurante, sem passaporte vacinal, como protesto

Criança estava com grupo que invadiu restaurante, sem passaporte vacinal, como protesto

Reprodução R7

Últimas