Ficou em dúvida sobre uma mensagem de aplicativo ou postagem em rede social? Encaminhe para o MonitoR7, que nós checamos para você (11) 9 9240-7777

MonitoR7 Falso: passar vaselina no rosto faz bem e hidrata a pele

Falso: passar vaselina no rosto faz bem e hidrata a pele

Técnica chamada de ‘slugging’ repercutiu no TikTok e acende alerta para o uso da substância sem recomendação dermatológica

  • MonitoR7 | Yasmim Santos*, do R7

Resumindo a Notícia

  • Passar vaselina no rosto pode causar efeitos negativos
  • Técnica chamada 'slugging' viralizou no TikTok recentemente
  • Uso da substância só deve ser feito sob recomendação dermatológica
  • Vaselina aumenta a penetração de outros produtos e pode causar irritação
Slugging promete deixar o rosto mais saudável e menos sensível

Slugging promete deixar o rosto mais saudável e menos sensível

Reprodução / Edição R7

Nos últimos dias, o TikTok recebeu uma onda de vídeos com uma nova tendência de beleza inusitada: o uso de vaselina durante o skincare, apelidada de slugging. A substância incomum era utilizada em abundância em todo o rosto, com a promessa de, por exemplo, tornar a área mais saudável e tratar peles sensíveis.

No entanto, a especialista ouvida pelo R7 explica que essa informação não está completamente correta, pois a técnica não é recomendada a todos os tipos de pele é pode causar efeitos adversos.

“O objetivo de passar a vaselina no rosto é criar uma película, como se fosse um filme protetor, para você reter mais água e impedir a pele de desidratar. Porém, eu não gosto dessa ideia de passar um produto à base de petrolato, à base de vaselina, porque é muito fácil de você obstruir os poros”, diz a dermatologista e membro titular da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia), Bruna Villarejo.

E acrescenta: “Você aumenta a oleosidade natural da pele, porque você faz uma uma película mesmo, e aí você obstrui. Quem tem uma pele oleosa, uma pele comedogênica, que tem propensão a ter acne, não pode de jeito nenhum fazer.”

A dermatologista informa que a vaselina entope os poros e pode desencadear o surgimento de cravos, pois há uma mistura da oleosidade natural da pele com as células que já estão mortas. Além disso, bloqueia as espinhas – impede que elas melhorem de forma espontânea –, o que também pode levar a piora da acne.

Um indivíduo que tem a pele muito seca pode considerar fazer a técnica uma vez ou outra, mas não todo dia, e com as devidas orientações de um profissional capacitado.

Fora os danos para a saúde da pele, o organismo pode reagir de forma diferente graças à vaselina. Pessoas que utilizam medicamentos tópicos (usados na superfície da pele), como ácido salicílico ou retinóico, ou fazem uso de corticoide, por exemplo, devem ficar ainda mais atentos.

“A vaselina vai aumentar a penetração desses produtos, e você tem de tomar cuidado, porque vai aumenta a permeação na corrente sanguínea – absorve mais os ativos –, e aí o paciente pode sofrer os efeitos colaterais desses medicamentos”, esclarece Bruna.

Sendo assim, a vaselina pode induzir efeitos colaterais de determinadas substâncias ou remédios. Nesse caso, é essencial ficar atento aos ingredientes presentes nos produtos e procurar a indicação e orientação de um dermatologista para uso correto da vaselina.

“Em um skincare correto colocamos uma concentração x e y dos produtos justamente para não ter nenhuma irritação, mas quando colocamos um produtos desse por cima [vaselina], que vai aumentar absorção do skincare, aí vai ter uma irritação”, relata a dermatologista.

Vale relembrar que a vaselina não é classificada como um produto hidratante, pois é um petrolato. Porém, duas opções de uso para o item são nos cotovelos, que tendem a ser uma região mais seca, e para pessoas com psoríase – doença em que as células da pele se acumulam e formam escamas e manchas secas, causando coceira.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Carla Canteras.

Skincare: exposição às telas pode causar envelhecimento da pele

Últimas