Rússia x Ucrânia

MonitoR7 Falso: soldados russos não colecionam dentes de ouro de ucranianos torturados

Falso: soldados russos não colecionam dentes de ouro de ucranianos torturados

Apesar do indício de crimes de guerra em Kharkiv, itens são de um dentista local e não têm ligação com conflito entre Kiev e Moscou

  • MonitoR7 | Do R7

Resumindo a Notícia
  • É falso que soldados russos tenham extraído dentes de ouro de ucranianos durante tortura

  • Itens foram encontrados em Pisky-Radkivski e usados como material de propaganda ucraniana

  • Apesar de não extrair os dentes, jornal alemão diz que há tortura por parte dos militares russos

  • Imprensa russa tentou desacreditar reportagem alemã e acusou jornal de noticiar mentiras

Locais de tortura foram descobertos em Pisky-Radkivski, na região de Kharkiv

Locais de tortura foram descobertos em Pisky-Radkivski, na região de Kharkiv

Reuters - 4/10/2022; Reprodução Twitter/Defesa da Ucrânia; Montagem - R7

Uma pirâmide de notícias, algumas verdadeiras e outras falsas, foi criada a respeito de câmaras de tortura na região de Kharkiv, na Ucrânia. Além do sequestro e abuso de moradores, um pote de dentes de ouro e uma máscara de gás, uma reportagem da imprensa alemã gerou acusações russas.

Um pote com dentes de ouro e uma máscara de gás foram supostamente encontrados por soldados ucranianos em Pisky-Radkivski, na região de Kharkiv. Em outubro de 2022, pelo Twitter, a Defesa do país relacionou os objetos encontrados a Auschwitz, famoso campo de concentração nazista na Polônia durante a Segunda Guerra Mundial.

“A câmara de tortura em Pisky-Radkivsk. Duas fotos. Uma máscara de gás que foi colocada na cabeça de uma vítima que foi coberta com um pano fumegante e enterrada viva. E uma caixa com dentes de ouro. Uma mini-Auschwitz. Quantas outras mais serão encontradas na Ucrânia ocupada?”

O veículo alemão Bild foi até a região e constatou, de fato, que moradores de Pisky-Radikivski foram torturados. A população local relatou gritos de ajuda e choros em diferentes prédios, enquanto duas pessoas da vila contaram com detalhes como foram agredidas quando sequestradas pelos militares da Rússia.

Além disso, a história dos dentes foi apurada, e os jornalistas descobriram que as próteses foram roubadas por soldados russos durante a guerra, e não extraídas da boca dos ucranianos.

Um dentista local, chamado de Serhiy, por sua vez, disse ao Bild que acredita que os militares de Moscou levaram os dentes por achar que o material era de ouro, quando na verdade se tratava de aço inoxidável pintado de dourado. Outra possibilidade é que os soldados usassem os itens para intimidar os moradores locais.

Apesar de todo o trabalho de apuração dos jornalistas do Bild, que desmentiram a afirmação da Defesa da Ucrânia, a mídia russa tentou deslegitimar a reportagem alemã, inclusive o trecho sobre as torturas.

Ou seja, é falsa a versão ucraniana de que soldados russos estão extraindo dentes de moradores de Pisky-Radkivsk durante sessões de tortura. Porém, há indícios, sim, de que os militares de Moscou violentaram a população local durante a ocupação.

Ucrânia decide demolir estátua que simbolizava poder do império russo

Últimas