Ficou em dúvida sobre uma mensagem de aplicativo ou postagem em rede social? Encaminhe para o MonitoR7, que nós checamos para você (11) 9 9240-7777

MonitoR7 Irlanda do Norte vai reimplantar 'lockdown' no país?

Irlanda do Norte vai reimplantar 'lockdown' no país?

Mensagens trazem trecho de coletiva do governo e afirmam que haverá um novo confinamento para os irlandeses

  • MonitoR7 | Do R7

Irlanda vai reimplantar 'lockdown' no país?

Irlanda vai reimplantar 'lockdown' no país?

Reprodução Twitter/ @@MichealMartinTD

A Irlanda do Norte enfrenta uma alta recente no número de casos de Covid. A média móvel dos últimos sete dias é de 4.443 novas infecções por dia. Os registros de mortes permanece estável no país. Nas redes sociais, o aumento no número de casos foi alvo de polêmicas.

Circulam, principalmente em grupos de mensagem, publicações com um trecho de uma entrevista coletiva do primeiro ministro, Micheál Martin e da ministra da Proteção Social, Heather Humphreys. No vídeo, a ministra do Partido Progressista não fala diretamente sobre o suposto novo confinamento. Porém, o discurso já foi suficiente para as postagens na internet. Uma delas afirma: "Irlanda reimplanta o confinamento, mesmo com 93% da população adulta 'vacinada'". Até o momento desta checagem, a publicação havia recebido mais de 3,4 mil visualizações.

As novas medidas de controle sanitário foram anunciadas no dia 16 de novembro, as primeiras desse ano. O objetivo é que essas restrições sirvam para impedir um bloqueio geral antes do Natal. Martin convocou a população para um "esforço coletivo" e afirmou que novas restrições ainda estão sendo avaliadas. 

O primeiro ministro insistiu que se não fosse pela campanha de vacinação, o país ainda estaria em lockdown. Entre as novas determinações, todos os restaurantes, pubs e casas noturnas não poderão permanecer abertos após a meia-noite. A mudança ocorre menos de quatro semanas depois da autorização para reabertura das boates.

Além disso, o gabinete de Governo também concordou em implantar uma exigência legal para as pessoas mostrarem "passaportes sanitários" quando vão ao cinema ou teatro. Ainda no pacote de medidas restritivas, pessoas que tiverem contato com alguém que testou positivo deverão se isolar por cinco dias, mesmo que estejam vacinadas. Para retornar às atividades normalmente, o indivíduo deverá fazer três testes PCR dentro dos cinco dias, se os três derem negativo, ele pode voltar aos afazeres.

Também pensando em combater a nova onda de casos, o governo irlandês declarou que qualquer pessoa com mais de 50 anos agora é elegível para uma terceira dose. Stephen Donnelly, o ministro da Saúde, restabeleceu a força-tarefa de vacinas, para garantir que o programa de reforço seja tão eficaz quanto o programa de vacinação original.

O trecho da coletiva de imprensa mostra Humphreys falando sobre a cobertura vacinal do país. De acordo com a ministra, 93% da população irlandesa estaria completamente imunizada.  Porém, não é isso que diz o portal oficial do governo da Irlanda. De acordo com o site governamental, 89% da população elegível já está vacinada. Apesar de ser uma pequena diferença em porcentagem, a variação representa cerca de 145 mil pessoas.

Humphreys ainda falou sobre o corte do auxílio financeiro oferecido pelo governo para desempregados durante a pandemia. A ministra reforçou que a medida seria descontinuada para as pessoas que perderam seus empregos por conta das restrições. “Este é um toque de recolher, não é um fechamento. Não estamos em uma situação de bloqueio, como acontecia antes, quando o PUP(auxílio para desempregados) era necessário. Não estamos fechando negócios em massa, como acontecia anteriormente" acrescentou Humphreys.

Portanto, é uma informação enganosa. A Irlanda não está reimplantando o confinamento, como a publicação afirma, mas sim, impondo um toque de recolher para os moradores. O país apresenta bons níveis de vacinação e o número de mortes permanece estável, indicando que as vacinas surtem efeito. Apesar disso, os registros de novos casos aumenta, assim como em outros países da Europa, como a Alemanha. Assim, a intenção do governo irlandês é frear essa nova onda de contaminação com esse toque de recolher.

Ficou em dúvida sobre uma mensagem de aplicativo ou postagem em rede social? Encaminhe para o MonitoR7, que nós checamos para você (11) 9 9240-7777

É enganoso que Irlanda vai reimplantar lockdown

É enganoso que Irlanda vai reimplantar lockdown

Reprodução/Arte R7

Últimas