Ficou em dúvida sobre uma mensagem de aplicativo ou postagem em rede social? Encaminhe para o MonitoR7, que nós checamos para você (11) 9 9240-7777

OMS recomendou quarentena para vacinados?

Segundo postagem, os imunizados seriam mais perigosos para a sociedade do que aqueles que não se vacinaram

  • MonitoR7 | Do R7

CESAR CONVENTI/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Uma corrente em grupos do Whatsapp e Telegram afirma que o Grupo Consultivo Europeu sobre Imunização da Organização Mundial da Saúde(OMS) sugeriu que as pessoas vacinadas contra a Covid deveriam ser isoladas durante o inverno, por conta do risco de que imunizados contaminem as pessoas que não tomaram a vacina.

Segundo o texto, a sugestão foi feita pelo vice-presidente do grupo, o médico Christian Perronne. Ele teria baseado a recomendação nas situações de Israel e Inglaterra.

O órgão citado realmente existe e reúne especialistas em Imunização da Europa, que, como o nome diz, são consultados sobre o tema pela OMS, assim como especialistas de outras partes do mundo. O órgão e seus integrantes não tem poder para falar em nome da OMS.

Além disso, depois de sua reunião mais recente, o grupo não apenas não fez declarações sobre "quarentena para vacinados", como se pronunciou a favor das vacinas como o método mais efetivo para controle da pandemia.

O médico citado pela corrente realmente fez a declaração citada na publicação, em entrevista de agosto passado. Ele já foi vice-presidente do Grupo Consultivo Europeu, mas não faz mais parte do colegiado. Christian Perronne é conhecido por sua postura negacionista e por defender tratamentos sem comprovação de eficácia para Covid-19.

Ele, inclusive, foi demitido de um cargo de comando no departamento de doenças infecciosas do hospital Raymond-Poincaré, na França, por espalhar desinformação sobre a Covid-19. O Conselho Nacional da Ordem dos Médicos da França também prestou queixa contra o médico.

Outro país citado é a Inglaterra, mas conteúdo perecido sobre a situação naquele país já foi desmentido aqui no MonitoR7 (veja link abaixo). O boletim mais recente que o governo inglês publicou aponta que as pessoas que não tomaram a vacina tem 32 vezes mais chances morrer do que uma pessoa vacinada. Ainda de acordo com o boletim, as vacinas evitam cerca de 90% das hospitalizações.

Ficou em dúvida sobre uma mensagem de aplicativo ou postagem em rede social? Encaminhe para o MonitoR7, que nós checamos para você (11) 9 9240-7777

Corrente circulando no Telegram

Corrente circulando no Telegram

REPRODUÇÃO/ARTE R7

Últimas