Ficou em dúvida sobre uma mensagem de aplicativo ou postagem em rede social? Encaminhe para o MonitoR7, que nós checamos para você (11) 9 9240-7777

MonitoR7 Rainha da Inglaterra pede autógrafo a Cristiano Ronaldo?

Rainha da Inglaterra pede autógrafo a Cristiano Ronaldo?

Tuíte afirma que, além do autógrafo do recém-contratado CR7, a rainha pediu 80 camisetas do Manchester United

Rainha da Inglaterra pede autógrafo para CR7

Rainha da Inglaterra pede autógrafo para CR7

Marco BERTORELLO / AFP

Um tuíte da agência de notícias Sport Innovation Society(@sis) provocou um alvoroço na manhã da última quarta-feira(01/09). A postagem afirmava que a Rainha Elizabeth, da Inglaterra, havia pedido 80 camisetas do Manchester United para a corte britânica. E teria solicitado ainda que uma das camisetas fosse autografada por Cristiano Ronaldo, recém-contratado pelo clube inglês.

O tuíte foi replicado por muitas pessoas. E recebeu muitos comentários, com as pessoas parabenizando o jogador  português e comemorando o feito. Confirmado o pedido, CR7 teria se tornado a primeira pessoa no mundo para a qual a rainha pediu um autógrafo. Justo ela que talvez seja uma das pessoas no mundo que mais teve contato com autoridades e celebridades de todo o planeta, nas últimas décadas.

A postagem original, porém, foi excluída depois de algumas horas. A agência não teria conseguido confirmar a veracidade da informação com as assessorias do jogador ou da rainha. Logo depois, o Sport Innovation Society afirmou que a postagem não tinha fundamento. Muitas das outras contas que republicaram a informação, porém, não retiraram a informação, nem acrescentaram o desmentido.

Muitos sites ao longo dos anos especularam para que time a família real torcia e o Manchester United nunca apareceu entre os favoritos de Elisabeth. O príncipe Harry, uma vez, afirmou que a maioria dos integrantes da família real são fãs do Arsenal, mas o West Ham United também pode ser um favorito da rainha, segundo avaliação do goal.com.

A própria conta no Twitter que publicou a informação inicial, a desmentiu na sequência

A própria conta no Twitter que publicou a informação inicial, a desmentiu na sequência

Reprodução R7

Últimas