Ficou em dúvida sobre uma mensagem de aplicativo ou postagem em rede social? Encaminhe para o MonitoR7, que nós checamos para você (11) 9 9240-7777

MonitoR7 Teoria da Conspiração: não tinha ninguém no voo 93?

Teoria da Conspiração: não tinha ninguém no voo 93?

O voo da United Airlines estaria vazio e ninguém teria morrido com a queda

Cena do filme "Voo United 93"

Cena do filme "Voo United 93"

Divulgação

O vigésimo aniversário do 11 de setembro reaviva teorias sobre os ataques terroristas que assustaram os Estados Unidos e o mundo. Dentre eles, um afirma que o quarto avião tomado pelos extremistas, o voo 93, na verdade não tinha passageiros e ninguém morreu quando a aeronave caiu em um campo, no estado da Pensilvânia.

O voo 93, da United Airlines, partiu do aeroporto de Newark, em Nova Jersey, às 08h42 daquele dia, com destino à cidade de São Francisco, na Califórnia. Segundo as informações oficiais, às 09h58 os terroristas invadiram a cabine de comando, mataram os dois pilotos e tomaram o controle do avião. O controle aéreo de Cleveland(Ohio) recebeu uma mensagem de socorro.

Na caixa preta do avião, que foi resgatada dos destroços, foram identificadas gravações de luta física e parte do que foi falado durante o sequestro. Vários passageiros ligaram dos seus telefones celulares e narraram o que estava acontecendo a bordo, para parentes e amigos. Da mesma forma, eles receberam informações sobre os outros atentados que estavam ocorrendo, ao mesmo tempo.

As pessoas que estavam a bordo resolveram tomar o controle da aeronave e, por esse motivo, os terroristas foram obrigados a desistir do plano original. Como a rota adotada pelos terroristas indicava Washington como destino, a suspeita é de que o objetivo seria atingir a Casa Branca(sede da Presidência da República) ou o Capitólio(sede do Congresso). O avião caiu em um campo na Pensilvânia e ninguém sobreviveu à colisão.

O impacto da queda provocou a fragmentação do avião. Peças e restos da aeronave foram encontrados em distâncias de até treze quilômetros do local da queda. O legista local, encarregado da investigação e identificação dos corpos das vítimas conseguiu encontrar apenas 1.500 pedaços de corpos, que, somados, não chegavam pesavam cerca de 272 quilos. 

Em 2011, um memorial foi erguido para os passageiros e tripulantes que morreram lutando contra os terroristas. Vários familiares das vítimas visitaram o local e o nome de cada uma delas  foi colocado em um muro de pedra branca.

Existem vários registros oficiais e jornalísticos sobre o voo 93 e todos eles revelam que havia pessoas a bordo e que elas foram o motivo pelo qual os terroristas não conseguiram alcançar seu objetivo.

Relatos sobre as famílias, gravações na caixa preta e documentos mostram como os passageiros e a tripulação se sacrificaram naquele dia e o memorial serve para lembrar o esforço e o sacrifício dessas pessoas.

O drama vivido pelos passageiros desse voo e a reação heróica deles à ação terrorista gerou até um filme sobre o caso. "Voo United 93", dirigido por Paul Greengrass, foi lançado em 2006. Com um elenco sem nenhuma grande estrela, o filme chegou a ser indicado para duas categorias do Oscar, direção e edição.

Você tem uma informação que gostaria que fosse checada? Envie mensagem para o MonitoR7, por WhatsApp ou Telegram: (11) 9-9240-7777

Últimas