MonitoR7 Túlio Maravilha fez mil gols durante a carreira? Duvidoso

Túlio Maravilha fez mil gols durante a carreira? Duvidoso

Contagens oficiais não mostram consenso, mas nenhuma das marcas chegam em 600 tentos para o ex-seleção brasileira

  • MonitoR7 | Do R7

Túlio Maravilha não chegou nem mesmo aos 600 gols, de acordo com rankings oficiais

Túlio Maravilha não chegou nem mesmo aos 600 gols, de acordo com rankings oficiais

Reprodução/Instagram/@tuliomaravilha_oficial

Um dos grandes personagens do futebol brasileiro na década de 1990, Túlio Maravilha se gaba de ter feito mais de 1.000 gols na carreira. Acontece que essa contagem não está registrada na IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol) e, pior, segundo sites especializados, essa conta não passa de 600 tentos em partidas oficiais.

A IFFHS é uma organização reconhecida pela Fifa que cuida exatamente dos números da história do futebol para evitar distorções em recordes. Além de administrar os dados desde 1984, a entidade tem como uma das suas funções espalhar a informação correta.

A conta do ex-camisa 7 do Botafogo (e de mais 34 times que defendeu ao longo da carreira) pode nem estar baseada em má-fé. Para as contas válidas, são anotados os gols em partidas oficiais (sem contar amistosos, jogos das categorias de base, jogo-treino, combinados entre times e até partidas festivas). Por isso, o ex-atacante tem 545 e 578 gols.

Então, apesar da falta de um número definitivo, pelas contagens oficiais, Túlio não chegou aos 1000 gols, já que nenhuma das marcas chega ao menos aos 600 tentos.

Túlio nasceu em Goiânia e, em 1988, começou a carreira no Goiás. Depois de uma passagem no Sion-SUI, voltou para o Botafogo, foi para o Corinthians, passou pelo Vitória e logo virou um autêntico andarilho do futebol. No time de General Severiano, no qual sonhava marcar o milésimo gol, foram cinco passagens.

Já para o final da carreira, a perseguição pela marca de Pelé, Puskas e, mais recentemente Romário – todas também dignas de questionamento pelos sites especializados – se intensificou. Os contratos com os clubes eram feitos em menor duração com o claro objetivo de fazer mais e mais gols.

Em sua contagem própria, no entanto, Túlio marcou o milésimo tento em 2014, ano da sua primeira aposentadoria, quando ainda defendia o Araxá-MG — em 2018 e 2019, pelo Atlético Carioca e depois pelo Taboão da Serra, ainda voltou aos gramados tento balançado as redes mais uma vez.

Você lembra como era o mundo da última vez que CR7 não jogou a Champions?

Últimas