Ficou em dúvida sobre uma mensagem de aplicativo ou postagem em rede social? Encaminhe para o MonitoR7, que nós checamos para você (11) 9 9240-7777

MonitoR7 Vídeo com cereal matinal que contém grafeno é real?

Vídeo com cereal matinal que contém grafeno é real?

Vídeo que supostamente mostra evidências do elemento químico em um cereal para crianças viralizou nas redes sociais 

  • MonitoR7 | Do R7

Vídeo mostra minério magnético em pacote de aveia

Vídeo mostra minério magnético em pacote de aveia

Pixabay

Na plataforma TikTok, um vídeo curto insinua que um pacote de farelo de aveia teria substâncias magnéticas. No aplicativo Telegram, a narrativa construída para a gravação é de que "GRAFENO NOS ALIMENTOS INDUSTRIALIZADOS..." como diz a legenda da publicação. Além desse primeiro vídeo, existe outro semelhante que faz a mesma alegação. São duas publicações diferentes, mas ambas já receberam mais de cinco mil visualizações cada uma.

O alimento em questão é um pacote de aveia, vendida em farelo. O produto é destinado para bebês. No site da empresa, é informado que o alimento é fortificado com ferro e que esse produto é o cereal infantil mais indicado entre os médicos que apoiam essa conduta. Na tabela de composição e ingredientes não existe nenhuma informação sobre grafeno, contudo é possível encontrar Ferro (eletrolítico) na tabela nutricional.

André de Oliveira, mestre em química pela Universidade de São Paulo (USP) e divulgador científico pelo canal Ciência que lá vem História, falou ao MonitoR7 sobre o vídeo. "É muito improvável que grafeno tenha sido adicionado ou mesmo que tenha sido sintetizado no processo de fabricação desse cereal", afirmou o especialista.

Oliveira ainda fala que o grafeno pode apresentar propriedades magnéticas em condições bem específicas e que a probabilidade é de que, na realidade, seja ferro o elemento visto na gravação. 

Ao MonitoR7, Adriano Andricopulo, mestre e doutor pela UFSC e professor da USP, afirmou que "[...] grafeno certamente não é, ele [grafeno] não possui essas propriedades magnéticas e nem estaria misturado ao cereal".

Além disso, o especialista diz que é difícil entender se houve algum processamento prévio ao alimento mostrado na gravação e que não se pode afirmar muitas coisas, já que não existe detalhamento do que está acontecendo ali. Porém, Andricopulo é enfático: "Se dizem que é grafeno, certamente é fake news". 

O mestre explica que, no caso do vídeo, trata-se de um alimento enriquecido com ferro, ou seja, foi adicionado ferro de maneira artificial, e por isso é possível ver a presença de micropartículas de ferro metálico que são atraídas pelo ímã. "[...] no caso das micropartículas de ferro, elas precisam ser oxidadas durante a digestão para que possam ser absorvidas, uma tarefa realizada facilmente pelo nosso corpo" completa o especialista.

Oliveira diz que é comum que cereais matinais sejam fortificados com ferro e que para isso, a indústria utiliza micropartículas de ferro no estado metálico, um material ferromagnético que é atraído pelo campo magnético de um ímã, assim como mostrado no vídeo. 

Portanto, a notícia é falsa. Alimentos industrializados destinados às crianças não contêm grafeno. Nos vídeos que circulam nas redes sociais o elemento é, na verdade, ferro. O grafeno não é magnético em sua essência e precisa estar em condições específicas que não as mostradas na gravação para apresentar magnetismo. 

Ficou em dúvida sobre uma mensagem de aplicativo ou postagem em rede social? Encaminhe para o MonitoR7, que nós checamos para você (11) 9 9240-7777

É fake que alimentos industrializados contém grafeno

É fake que alimentos industrializados contém grafeno

Reprodução/Arte R7

Últimas