MonitoR7 Vídeo de navio carregado de veículos militares americanos indo para a Ucrânia é real?

Vídeo de navio carregado de veículos militares americanos indo para a Ucrânia é real?

Postagem no Facebook afirma que o navio, que transporta um grande número de tanques, iria reforçar as tropas de Kiev

  • MonitoR7 | Larissa Crippa*, do R7

Resumindo a Notícia
  • Vídeo mostra veículos de guerra circulando em ruas.

  • Usuário da web afirmou que armamento era envio dos EUA para a Ucrânia.

  • Portal de checagem italiano provou que especulação era mentirosa.

  • Imagens foram tiradas de contexto, e veículos não estavam indo participar de guerra.

Veículos realmente são dos EUA, mas não estavam sendo enviados para a Ucrânia

Veículos realmente são dos EUA, mas não estavam sendo enviados para a Ucrânia

Reprodução Facebook/Gianluca Hydra

Um vídeo publicado no Facebook em março deste ano está repercutindo nas redes e preocupando alguns usuários sobre os rumos que a guerra na Ucrânia estaria tomando.

As imagens mostram diversos veículos militares sendo transportados em um enorme navio, supostamente para reforçar as tropas de Kiev contra a Rússia.

O autor do post escreveu, de maneira irônica: "Equipamento militar da Otan deixando a América para a Europa, para a guerra na Ucrânia. Mas não se preocupe, não estamos em guerra com a Rússia!! A Otan é pela paz!! Haha!!"

A insinuação gerou revolta. "Que absurdo, tudo só piora!", comentou uma pessoa.

A imagem, porém, não é o que parece. Os tanques e veículos realmente existem, mas as imagens foram tiradas de contexto.

Na verdade, segundo o portal italiano Facta News, o equipamento pertence à 3ª Brigada Blindada de Combate, 1ª Divisão de Cavalaria do Exército dos EUA no porto de Gdynia, na Polônia. 

Os veículos estavam retornando para os Estados Unidos em fevereiro deste ano, e não indo em direção à Ucrânia, como foi postado nas redes sociais. Essa é uma movimentação padrão das forças de combate dos EUA na Europa.

Informações falsas sobre a guerra rodam a internet desde o começo do conflito entre a Rússia e a Ucrânia, em fevereiro de 2022. Muitos casos virais são informações fora de contexto. 

Ataque com drones atinge prédios em Moscou, e moradores são retirados de suas casas; veja fotos

Últimas