MonitoR7 Vídeo mostra apuração eleitoral com resultados que "não batem"?

Vídeo mostra apuração eleitoral com resultados que "não batem"?

Resultados divergentes da apuração dos votos de dois candidatos a vereador, nas eleições de 2020. Mas de urnas diferentes.

  • MonitoR7 | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Vídeo compara resultados divergentes entre um Boletim de Urna e o site do TSE
  • Gravação compara resultados de duas urnas diferentes da mesma seção eleitoral
  • O Boletim de Urna é o resultado impresso da votação em cada urna
  • Os boletins de urna ficam disponíveis para verificação, assim que a apuração é concluída
Publicação de rede social

Publicação de rede social

Reprodução/Arte R7

Um vídeo gravado nas eleições de 2020, que mostra aparente divergência entre os resultados impressos de um Boletim de Urna e os gerados pela urna eletrônica, tem voltado à tona nas redes sociais. Diversos usuários, principalmente do Twitter e do Facebook, estão usando essa gravação como uma suposta  prova para desqualificar a urna eletrônica. 

Na gravação, um indivíduo compara os votos recebidos por dois candidatos a vereador do PSDB em Rio Branco (AC), Alex Souza e Pang Rocha. Ele mostra valores supostamente incompatíveis em relação a quantidade de votos recebidos por eles. Isso porque a quantidade de votos no boletim impresso da urna eletrônica é diferente daquele que aparece no aplicativo "Resultados", do TSE.

Os dois candidatos aparecem com um voto cada, no aplicativo. Já o boletim impresso registra quatro votos para um dos candidatos e zero para o outro. Entretanto, é possível constatar nas imagens que a comparação é feita com dados da mesma seção eleitoral (368ª), mas de duas zonas eleitorais diferentes, 1ª e 9ª. Ou seja, mesmo local de votação, mas urnas diferentes. Portanto, são dados diferentes, que não podem ser comparados.

O Boletim de Urna (BU) é um instrumento de verificação das urnas eletrônicas, que inclui todos os votos computados e é impresso ao final de toda votação. Todos podem acessá-lo, depois que os votos são contabilizados e transmitidos dos TREs (Tribunais Regionais Eleitorais) ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), no aplicativo Resultados ou no site do TSE.

Últimas